0
  • 0 produtos no meu carrinho

Olá, Visitante.

Seja bem-vindo(a). Cadastre-se ou efetue seu login.

Gestão do Patrimônio Público - Administrar, Reavaliar e Controlar os Bens Patrimoniais

O livro “Gestão do Patrimônio Público” contém oito capítulos e aproximadamente 52.000 palavras que buscam de forma técnica e prática debater e aprofundar a importância e a necessidade de melhor administrar e controlar os bens patrimoniais e de consumo na área pública.

Por atuar nos setores público e privado, me deparei com as mudanças contábeis, legais e operacionais de controle dos bens patrimoniais e em almoxarifado, no qual o legislador buscou aproximar a área pública às iniciativas privadas, suficientemente testadas e empregadas no mundo todo.

Para o desenvolvimento dos trabalhos busquei reconhecer as dificuldades e limitações que passam os profissionais responsáveis das áreas de patrimônio e almoxarifado e auxiliar com embasamento legal e, acima de tudo, com modelos e planilhas que pesquisei e me utilizei para que sirvam como suporte aos profissionais responsáveis.

O livro é apresentado de forma ordenada com passos dispostos a auxiliar na construção do conhecimento e aprimoramento da boa gestão do patrimônio, apresentando a contabilidade como ente de divulgação das variações patrimoniais, seus conceitos e classificação dos bens. Na continuidade é tratado o processo de tombamento dos bens e sua movimentação, assim como da organização e controle do almoxarifado.

A Gestão Patrimonial é complexa e sua implantação deve ser planejada, motivo que me levou a tratar da implantação de controles patrimoniais e indicadores, a fim de que possam nortear o gestor em suas tomadas de decisões com base nos resultados alcançados e nas necessidades de ajustes de rotas, metas e investimentos, impactando no (re)planejamento.

A depreciação, amortização e exaustão são procedimentos relativamente novos para as entidades públicas e são tratados no livro com profundidade, apresentando modelos, planilhas e exemplos com fórmulas.

A (re)avaliação, novo procedimento para a área pública, é apresentada com modelos, planilhas e fórmulas e chama a atenção de seus impactos na contabilidade e as responsabilidades da comissão especialmente montada para este fim.

O trabalho de Gestão do Patrimônio Público poderá ter resultados ainda melhores e mais seguros quando do uso de tecnologias adequadas, já utilizadas pelo mercado em planejamento, controle e acompanhamento de todos os bens permanentes e em almoxarifado. É neste viés que dediquei um capítulo específico, abordando o controle patrimonial com o uso da tecnologia e demonstrando exemplos em diversas atividades e cenários.

Para concluir, trago os trabalhos da auditoria patrimonial, chamando a atenção aos papéis de trabalho, documentação comprobatória, testes a serem realizados pelo profissional auditor e que servirão como preparação e organização dos trabalhos pelos responsáveis das áreas de patrimônio e almoxarifado e auxiliam a auditoria e o resultado dos trabalhos em conjunto.

O livro somente foi possível pela experiência e prática vivenciada durante muitos anos em empresas privadas e públicas, por auditorias que atuaram como parceiras na busca do aprimoramento dos controles e de novas técnicas que influenciaram nos resultados da gestão patrimonial.



COMENTÁRIOS


Deixe seu comentário